QUEM É BOM EM DESCULPAS NÃO É BOM EM MAIS NADA

O que eu mais vejo na vida são, desculpas, motivos para não fazer as coisas que a deixarão mais felizes, e por que isso? Deve ser porque isso exige sair da inercia, se movimentar e quebrar paradigmas. Sair da posição de conforto nem sempre é pior, mas pensamos, para que mais esforço se já estamos bem acomodados naquela poltrona que te abraça e fala fique aí mesmo, calma que essa vontade de melhorar vai passar. Existem sentimentos que se aliam: a preguiça, o medo do novo. Não te deixam passar para a próxima fase que te levará a novos patamares, como por exemplo, empreender e investir. As vezes o gatilho mental que é preciso vem do subconsciente através de um estímulo que vem com algum momento difícil que atravessamos em nossas vidas, como demissão, separação, perda de um parente, ou problema de saúde. E quando a chave vira, movimento expressado em uma decisão e conjugado em verbos: emagrecer, trabalhar, caminhar, estudar, se alimentar melhor, arregaçar as mangas empreender, abrir o próprio negócio, investir. Quando viramos a chave, os horários não mais importam, pois estamos mais focados, acordamos mais cedo e dormimos mais tarde, o tempo parece sobrar e aí está o maior capital empregado, o tempo. E nessa hora em que começamos a nos movimentar, até podem surgir os semi-amigos, que insistem em perguntar: “quero ver até aonde vai, não é assim tão simples, eu já tentei e não deu certo…” Ouça este conselho: o primeiro ingrediente do fracasso é querer agradar os outros… quer quer fazer faça sem esperar reconhecimento, agradando primeiro a si mesmo, com sacrifício, sem esperar resultados imediatos de uma hora para outra, pois muitas vezes o retorno demora, mas, quanto mais demorado mais comemorado. Tudo o que é feito na vida é 90% trabalho e 10% ideia, é uma idéia na cabeça e muita vontade de fazer o melhor da melhor forma possível, dia após dia. E só pra te dar uma dica: Se você acha que pode ser feliz com algo que você conquiste, está muito enganado, a felicidade não está nas conquistas que se obtém, mas sim num estado de espíritoque se adquire, pois, seja lá qual for a sua crença, a motivação vem de dentro e a felicidade também. Você não vai ser feliz depois do primeiro milhão, nem do segundo, muito menos do terceiro. Pense bem nisso e siga para o alvo já se sentindo um vencedor. Graça e paz, e uma boa semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s